• sitetagcomunicacao

Livros no Spotify? A plataforma já começou a investir em audiolivros



O streaming mais popular de música agora vai oferecer audiolivros, é isso mesmo, agora no Spotify vai ser possível ler ou melhor escutar os seus livros favoritos.

A plataforma comprou a Findaway, que permite autores a distribuírem seus livros em áudio, e é referência no ramo por possuir um grande catálogo.


Com a aquisição o Spotify espera impulsionar o mercado de audiolivros e se tornar a referência no que diz respeito a conteúdo em áudio, conforme explica o SEO Gustav Söderström "A ambição do Spotify é ser o destino de todas as coisas de áudio, tanto para ouvintes quanto para criadores. A aquisição da Findaway irá acelerar a presença do Spotify no espaço dos audiobooks e nos ajudará a atender mais rapidamente essa ambição. Estamos entusiasmados em combinar a equipe do Findaway, a melhor plataforma de tecnologia da classe e um catálogo robusto de audiobooks com a experiência do Spotify para revolucionar o espaço dos audiobooks, como fizemos com música e podcasts" afirmou.


O serviço de streaming possui hoje 422 milhões de usuários mensais, sendo 182 milhões ouvintes premium.


Audiolivros


Audiolivros são a gravação do conteúdo de um livro em áudio, esse formato está em alta e costuma atrair sobretudo o público Millennial e da geração Z, que são indivíduos multitarefas que gostam de realizar várias atividades ao mesmo tempo.


A pandemia de COVID 19, depois do lockdown, também expandiu o público dos conteúdos em áudio tanto podcasts quanto audiolivros.


O que isso significa para o marketing


O Spotify prevê um crescimento de audiolivros de 3,3 bilhões de dólares para 15 bilhões até 2027, o que representa oportunidade de negócio dentro do marketing.

É mais um formato que permite explorar a criatividade e se aproximar da persona, mas lembrando que esse é um canal que atrai um público específico e pode não servir para a sua marca.


4 views0 comments