• sitetagcomunicacao

O trabalho no modelo home office e híbrido veio para ficar?



É fato, a pandemia do COVID-19 nos trouxe muito medo, angústia e dúvidas. Através dela, organizações e equipes tiveram que se adaptar a um mundo corporativo sem o contato físico para segurança de todos. De início, ninguém acreditava que poderia funcionar e que os colaboradores se dedicariam e entregariam os mesmos resultados satisfatórios.


Surpreendentemente, observou-se que sim, é possível gerar o mesmo conteúdo e divulgar as ideias, propostas, revisões e outras reuniões que agora são realizadas online – com menos burocracia e processos. Esse modelo de trabalho faz com que os colaboradores trabalhem de maneira mais leve. Um exemplo: Hoje você pode praticar exercício físico, tocar um instrumento que gosta, brincar com seu filho, tudo no horário do seu almoço.


Felizmente, a pandemia já está no fim, e o uso de máscaras em lugares abertos e fechados (exceto transporte público, hospitais e farmácias) foi liberado. Com isso, algumas organizações decidiram voltar a trabalhar 100% com modelo presencial.


Como os funcionários estão lidando com essa possibilidade?


De acordo com um estudo, as empresas que não oferecem trabalho remoto ou híbrido perdem a preferência de seus funcionários, principalmente entre as mulheres. 44% das mulheres entrevistadas disseram que procurariam outro emprego se o home office não fosse possível, enquanto 31% dos homens disseram que fariam o mesmo.


Uma curiosidade presente aqui na agência é que estamos trabalhando no modelo híbrido, pois além de percebemos ser possível atender os nossos clientes com a mesma eficácia do presencial, trabalhamos de maneira muito mais leve.



E você? Nos deixe saber qual a sua preferência..

10 views0 comments