• Giovanna Germano

Linkedin: Como usar a plataforma no marketing





O Linkedin é a rede social que mais difere das outras no mercado, já que o foco da plataforma são interações profissionais. Os posts mais comuns são sobre carreira e mercado de trabalho, e ele é usado sobretudo, por pessoas e empresas que desejam estabelecer networking.


Então, onde o marketing entra nisso? A plataforma é a melhor opção quando o assunto é obter alcance orgânico e serve principalmente para empresas B2B estabelecerem um relacionamento com potenciais clientes.


De acordo com o Ultimate List do Linkedin, 80% dos leads das empresas B2B vem da rede, número alto quando comparado com Facebook que é de 7% e Twitter 13%.


Mas os usuários do Linkedin têm as suas particularidades, e para entender a rede, a Social Insider em parceria com Cloud Campaign examinou mais de 114 mil postagens em 1.126 páginas e concluiu que existe 3 formatos de posts que oferecem um desempenho superior no app, são eles:

1. Documentos nativos

O estudo descobriu que os documentos criados dentro da plataforma, ou seja, que não são compartilhamentos de sites externos, rendem 3 vezes mais cliques.


2. Conteúdo em vídeo

Posts em formato de vídeo também funcionam dentro da plataforma, ele gera mais engajamento por impressão, mesmo nos perfis com poucos seguidores.


3. Imagens

No levantamento, as publicações com imagens tiveram taxa maior de interação, cerca de 4,06% de taxa média de engajamento por impressões.


Alcance

O Linkedin não usa algoritmo para selecionar as postagens que serão exibidas pelo usuário, isso significa que tudo que você publica vai ser entregue aos seus seguidores e é isso que torna essa plataforma tão atrativa para o marketing.


Quer aproveitar o potencial do Linkedin para o seu negócio B2B? Fale com a TAG, aqui a gente vai ajudar a sua marca ter mais visibilidade.


6 views0 comments